Campina da Lagoa/PR -  
  Enquetes   O portal   Classificados   Fale Conosco   Guia Comercial  
 
 

  Mulher sofre aborto após passar mal durante assalto a loja em Juranda  
  Publicado em 30 de Novembro de 2017  
 
Envie por email
 
 

 
 
 
Mulher sofre aborto após passar mal durante assalto a loja em Juranda

Fonte - Goionews

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma mulher passou mal durante um assalto à loja em que ela trabalha – Agro Rural -, ocorrido na manhã da última segunda-feira (27). Ela estava grávida e mesmo sendo socorrida com urgência, ela sofreu um aborto, perdendo o bebê.

 

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, a mulher estava trabalhando na loja, quando aconteceu o assalto, com oito assaltantes entrando na empresa e rendendo todos os funcionários e levando um caminhão de mercadorias.

                                

Depois que os assaltantes saíram, a mulher começou a passar mal e foi socorrida pelos próprios colegas de trabalho e encaminhada ao Hospital de Juranda e em seguida transferida para Ubiratã, onde ela fazia o pré-natal, onde se consumou o aborto do feto já com seis semanas.

                                

Com a consumação do aborto decorrente da ação criminosa, os assaltantes poderão ser indiciados por latrocínio culposo (quando não há a intenção de matar).

                                

O caso é investigado pela Delegacia de Polícia de Ubiratã, onde estão presos seis assaltantes que participaram da ação.

 
 
 
 
     
 

 
 
     
Publicidade

 

 


Portal o Vale - desenvolvido por Oberdan.com