Campina da Lagoa/PR -  
  Enquetes   O portal   Classificados   Fale Conosco   Guia Comercial  
 
 

  Quadrilha armada rouba baterias, depena veículos e leva equipamentos de prefeitura  
  Publicado em 9 de Junho de 2021  
 
Envie por email
 
 

 
 
 
Quadrilha armada rouba baterias, depena veículos e leva equipamentos de prefeitura

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por Walter Pereira

        

Uma quadrilha armada rendeu um guarda municipal e invadiu o pátio de máquinas da prefeitura de Janiópolis, distante 46 quilômetros de Campo Mourão, deixando grandes prejuízos ao município. A ação criminosa aconteceu na madrugada desta quarta-feira (9). O grupo estava em cinco bandidos.

        

Os criminosos chegaram ao pátio, renderam e amarraram o vigilante, colocando um capuz sobre sua cabeça. Em seguida levaram tudo o que conseguiram pegar do local. O prefeito da cidade, Ismael Dezanoski (PSD), esteve no pátio agora de manhã. Sem acreditar no que aconteceu, ele falou com a TRIBUNA sobre o caso. “Eu sinceramente nunca vi uma coisa dessas”, lamentou.

        

O que também chamou a atenção, é que os ladrões deixaram diversos ‘recados’ em tom irônico  rabiscados nas paredes do prédio como: “Funcionário mal pago é nisso que dá”; “Só peguei emprestado. O guarda pé meu amigo”; “Culpa do Covid”; “Colocar guarda armado”; e “Recomendo comprar um uno”. “Isso demonstra a ousadia do bando e a certeza de que ficarão impunes ao crime”, relatou Dezanoski.  O pátio de máquinas da prefeitura fica na entrada da cidade. Ao lado ficam lotadas algumas secretarias municipais, como a do Meio Ambiente, por exemplo. Há também residências nas proximidades.

        

Até o momento em que falou coma reportagem, o prefeito já havia contabilizado o roubo de aproximadamente 28 baterias de carros pequenos e máquinas pesadas, como caminhões, motoniveladores, pá-carregadeira, rolo compactador, entre outros. Os marginais levaram um Fiat/Uno de um funcionário, e vários equipamentos como motoserras, roçadeiras, entre outros, adquiridos recentemente pela prefeitura. “Não sobrou uma roçadeira. Hoje não conseguimos funcionar nenhuma máquina porque estão todas sem bateria”, falou Dezanoski.

        

Ele comentou que nessa terça-feira (8) o município havia feito a troca de duas baterias de uma motoniveladora, que custaram R$ 3.000,00, mas foram levadas pelos bandidos. Além disso, os criminosos depenaram alguns veículos. Levaram, por exemplo, o capô e dois faróis de uma Fiat/Strada. “Não dá para acreditar no que fizeram. Foi muita ousadia”, disse.

        

O prefeito disse que a Polícia Militar está fazendo diligências para tentar encontrar os criminosos. A Polícia Civil de Campo Mourão também esteve no local e iniciou as investigações. “Vamos cobrar uma investigação rigorosa para que os responsáveis sejam presos. É um crime muito grave que não pode ficar impune”, desabafou o gestor. Ele disse que está fazendo um levantamento detalhado para saber o valor do prejuízo aos sofres públicos.

        

Dezanoski acredita que pela ousadia da ação, os bandidos devem ser de outras cidades da região. Ele comentou que provavelmente os produtos levados deverão ser vendidos no mercado paralelo. “Pedimos que se alguém souber de pessoas que estejam tentando vender estes tipos de produtos com preços muito baixos que denuncie à polícia”, frisou.

 

Insegurança

        

A ação contra o município só confirma a insegurança pública vivida pela cidade.  Para se ter ideia, com mais de 6 mil habitantes, Janiópolis tem o policiamento compartilhado com Farol. E isso já há algum tempo.

        

O prefeito da cidade já encaminhou ofício ao secretário de Estado da Segurança Pública do Paraná, coronel Rômulo Marinho Soares, solicitando, com urgência, policiamento exclusivo para a cidade. Mas não foi atendido até o momento. “A maneira como estamos vivendo tem aumentado o clima de insegurança nos moradores. Uma situação inaceitável o que vem acontecendo na área de segurança pública no nosso município”, desabafou, na ocasião.

        

Sem policiais suficientes para os destacamentos da região, o comando do 11º BPM teve que adotar o sistema de compartilhamento em pelo menos 10 municípios da Comcam: Farol e Janiópolis; Fênix e Quinta do Sol; Barbosa Ferraz e Corumbataí do Sul; Roncador e Nova Cantu; Araruna e Peabiru. Cerca de oito policiais se revezam para atender duas cidades ao mesmo tempo 24 horas por dia.

 
 
 
 
     
 

 
 
     
Publicidade

 

 


Portal do vale - desenvolvido por Oberdan.com